O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais e ajudar a esclarecer duvidas sobre a nossa complexa realidade.

Aqui irei expor textos, reflexões, videos, imagens e etc. relacionados com os seguintes assuntos:
Psicologia, Teologia, Espiritualidade, Filosofia, Antropologia, Sociologia e o funcionamento do sistema em geral.

Não esperamos que acreditem no que é apresentado aqui sem primeiro investigar por vocês mesmos, e nós insistimos que vocês o façam!
O que é postado aqui são apenas perspectivas e não "verdades absolutas", com isso quero dizer que não tentarei convence-los, mas estimula-los a irem além do que conhecem, ou acreditam conhecer.
Busquem informação e ajudem a dissemina-la! Com informação vem conhecimento, com conhecimento sabedoria, a sabedoria lhe aproxima da verdade.... e a verdade o libertará!
Ouça a todos, não siga ninguém.
A única revolução é a SUA Evolução da Consciência!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O Poder do Agora

"Poder sobre os outros é fraqueza mascarada de força. 
O poder verdadeiro reside no interior e está ao seu alcance."
 - Eckhart Tolle

O tempo não é nem um pouco precioso como dizem, porque é uma ilusão. O que você percebe como precioso não é o tempo, mas o único ponto que está fora do tempo: O Agora. Isso é realmente precioso. Quanto mais você está focado no tempo, passado e futuro, mais você perde o agora, a coisa mais preciosa que existe.
Now = "Agora"
O passado é uma memória, é um pensamento que surge no presente.
O futuro é apenas uma antecipação, é outro pensamento que surge no agora.
O que verdadeiramente temos é este momento, só isso.
Passamos a maior parte de nossas vidas esquecendo esta verdade, fugindo dela, olhando por cima dela, e o pior é que temos sucesso nisso. Conseguimos quase nunca nos conectar com o momento presente e encontrar a satisfação aqui e agora, porque estamos sempre com a esperança de ser feliz no futuro.
E o futuro nunca chega.
Até mesmo quando pensamos que estamos no momento presente, de forma muito sutil, muitas vezes estamos olhando adiante dele, antecipando em nossas mentes o que está por vir, estamos sempre buscando a solução de um "problema".
E é possível simplesmente deixar o problema, seja que só por um momento e aproveitar o que é real na sua vida, no presente. Esta não é uma questão de novas informações ou obter mais informações, ela exige uma mudança de atitude. Isso requer uma mudança na atenção à sua experiência no momento presente.

Nós vivemos em uma cultura totalmente hipnotizada pela ilusão de tempo, na qual o chamado presente é sentido como uma pequena linha entre o ‘todo poderoso’ passado causativo e o ‘absurdamente importante futuro’. Não temos presente. Nossa consciência está quase completamente preocupada com memórias e expectativas. Nós não percebemos que nunca houve, há, ou haverá qualquer tipo de experiência além da experiência do momento. 
Portanto, nós estamos fora de contato com a realidade. Nós confundimos o mundo como ele é falado, descrito, e mensurado com o mundo do modo que ele na verdade é. Nós estamos doentes com uma fascinação pelo uso das ferramentas de nomes, números, símbolos, sinais, conceitos e ideias.
Alan Watts

Gostaria de recomendar esse livro extremamente importante para o desenvolvimento pessoal de cada um. Nós passamos a maior parte das nossas vidas pensando no passado e fazendo planos para o futuro. Ignoramos ou negamos o momento presente e adiamos nossas conquistas para algum dia distante, achando que quando conseguirmos tudo o que desejamos seremos finalmente, felizes.
Mas, se queremos realmente mudar nossas vidas, precisamos começar neste momento, o unico momento que existe! O Eterno Agora, o momento universal onde todas as outras coisas existem.

Como já vimos aqui [A Ilusão de Tempo e Espaço], o tempo é apenas uma ilusão criada para termos experiências, todos pontos de espaço e tempo existem dentro da Singularidade.
Esse livro é uma "manual" prático que ajuda a tomar consciência dos pensamentos e emoções que nos impedem de vivenciar plenamente a alegria ea paz que estão dentro de nós, ou melhor, que nós somos.
O autor, Eckhart Tolle, pseudônimo de Ulrich Tolle, é professor de espiritualidade "contemporânea", considerado mestre e conselheiro espiritual, embora ele não assuma esses títulos.
Tolle não está alinhado com qualquer religião particular ou tradição, apresenta uma profunda introspecção e conhecimentos sobre Psicologia Transpessoal.



 Suas palestras são sempre muito interessantes para aqueles que prestam atenção e ouvem com o coração, vou deixar abaixo alguns videos que podem ajudar vocês e pessoas próximas de maneira direta ou indireta.

Sobre o Ego e a Queda

Emoções
O Sentido do Ser

O que é meditação?
Drama vs. O Agora
Relação de Amor Unilateral
A Sabedoria na vida diária


Relacionados:
A Singularidade
Os 5 Estágios do Despertar
Uma Mensagem de Esperança
O Poder do Mito - Por Joseph Campbell
Matrix: A Ilusão do Tempo e Espaço

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Reflexões sobre a Transição e a Fé Interior (ou a falta dela)

Quando pensamos como tribos tão antigas podiam prever órbitas, tão precisamente, ou saber que a Terra era redonda séculos antes do descobrimento do Brasil por exemplo, e tal conhecimento ser perdido até se provar novamente como as coisas eram, ficamos frente a duas possibilidades: 
1) O desenvolvimento é cíclico, temos altos e baixos e não apenas localmente, mas mundialmente; ou
2) Existe intervenção e alguém fornece tecnologia a populações atrasadas.
Então temos declarações destas mesmas civilizações que detinham o conhecimento dizendo que os "deuses" vieram e lhes deram conhecimentos.
Depois temos o decaimento ou o esquecimento e muito era perdido com surgimento da "idade da razão", onde tudo o que é antigo é deixado de lado, apenas tem valor o que pode ser provado por métodos científicos. Tudo o mais é considerado lenda e folclore.
Se tais seres vieram, ondes estão as evidências. Se nos visitam até hoje onde estão as fotografias? Os homens de preto intimidam e destroem todas as evidências?!
Mas um número cada vez maior de pessoas sente que algo grande esta se aproximando, uma grande transição para uma nova era de luz onde imperara o amor...
Os céticos cada vez mais ferrenhos dizem, vocês estão loucos, onde estão as provas? Quantas datas furadas já tivemos? E voltamos a posição extrema de negação de qualquer coisa não derivada do raciocínio. Perdemos a ligação, perdemos a fé. Deixamos de confiar.
Mas quem está certo, os racionais ou os espirituais? Todo extremo é ruim, rejeitar tudo o que não tenha passado pelo escrutínio da razão ou aceitar tudo o que venha do coração são erros semelhantes. A verdade é que tantas desinformações só favorecem aqueles que nos governam.
Mas podemos buscar a verdade por nós mesmos, mesmo que às vezes achemos que estamos sós em meio da massa de ignorância que nos cerca.
A maior questão que enfrentam as pessoas que acreditam em qualquer fenômeno sobrenatural é a total ausência de prova. Não existe uma fotografia irrefutável de OVNI, ou vídeo de espírito ou qualquer tipo de comunicação que não possa ter outra explicação.
Para muitos certas provas satisfazem, porque condizem com o que sentem ou desejam acreditar. Jung já dizia que um grande problema é que o ser humano acha que por ser  capaz de imaginar algo, este algo pode ou deve ser verdade.
Eu vivi o conflito te tentar provar que este "algo além" existia para provar para mim mesma que eu não era louca. E até hoje, infelizmente, não encontrei nada. Nada além de sentimentos confusos e intuições. Diriam os céticos que esta é a prova que realmente não existe nada além da realidade concreta, que quem acredita é infantil, neurótico que não aceita o mundo como ele é. Talvez eles estejam certos...
Mas quem acredita em algo mais, como eu, não consegue deixar de ouvir o que lhe diz seu coração. Que existe algo mais, que não estamos sós neste mundo de injustiças, que tudo faz parte de um plano.
Mas então por que não podemos ter certeza? Quantas coisas faríamos se tivessemos a certeza? A certeza que realmente haverá uma transição e mais ainda, que ela é iminente. Você agiria diferente?
Mas uma parte em mim não deixa de considerar que talvez não exista nada. Eu também preciso aceitar que há esta possibilidade. E então uma aparição de uma grande nave poderia os ajudar, mas por que não ocorre? Por que não se filma um espírito dizendo uma mensagem, ao invés da velha conversa psicografada que não fornece a prova definitiva?
A conclusão a que cheguei é que as provas não existem porque elas não nos servem de nada. Se o tempo é uma ilusão, tudo é uma ilusão. A realidade é criada pelas nossa mentes.
Estamos neste planeta com uma missão. Cada um tem a sua história, mas todos tem algo a aprender com esta realidade. É tudo sobre a superação da falta de fé e do isolamento. O universo está aberto para nós, mas nós nos fechamos.
Se as provas já nos foram dadas em tempos antigos, não serviram para causar a transformação necessária, o amadurecimento que nos traria paz, o respeito e  a harmonia para todo o globo.
A transformação ocorre somente quando entendemos a realidade, que nossa felicidade é conectada à felicidade dos outros, quando somos capazes de perdoar o mal que nos fizeram e não repassá-lo aos outros, perpetuando o ódio. Independente do que acreditamos!
Tantos conceitos contraditórios existiram ao longo da história, quantas religiões, quanta desinformação, que apenas nos afastaram da verdade. Ninguém pode te conduzir a libertação do seu próprio sofrimento. Não devemos esperar naves, anjos nos resgatando e resolvendo NOSSOS problemas. Por outro lado, também não devemos temer a morte, ou qualquer evento desastroso. Tudo o que existe é o AGORA, e é aqui que temos que trabalhar e viver.
Acreditem quando digo que as pessoas que estão no poder temem nossa união, temem perder seu domínio e controle, mas para que possamos mudar algo, temos que primeiro aprender a nos respeitar, respeitar as diferentes crenças e nos focar no que temos em comum: o desejo por um mundo de amor.
Nossa união dará a força que falta para muitos para buscar a mudança, para voltar a acreditar que é possível. Somos fracos sozinhos, juntos somos fortes.
Já estamos juntos em nossos corações. Mas precisamos de mais. Unam-se. Montem grupos de estudo, de meditação.
Vamos aos parques, vamos conversar com outras pessoas, vamos voltar a cultura da paz e do amor, desta vez lúcidos, e cientes de nossa verdadeira missão.
Confiem em vocês e na voz dentro de vocês. Mesmo que não hajam provas, ou que nossas crenças se provem erradas ao longo do tempo, a crença no AMOR nunca estará errada e está transição está para ocorrer porque nós estamos prontos para realizar esta mudança, só precisamos acreditar que podemos!
Vamos em frente, sempre!
Amor!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Caminhos Evolutivos

Em um recesso criativo resolvi escrever sobre um insight que tive a um tempo atrás. Nesse artigo irei compartilhar uma observação que venho fazendo a alguns anos que resultou em uma identificação de tipos de padrões de caminhos evolutivos aqui na terra. A classificação não é um rótulo, uma pessoa pode passar por vários padrões de caminhos evolutivos em diferentes momentos de sua vida, o intuito é identificar em qual caminho nos encontramos e para refletir onde queremos ir.

Classifiquei esses tipos de caminhos evolutivos da seguinte forma:

  • Evolução Passiva Inconsciente:
Essa ainda é a opção mais comum por grande parte da humanidade. É o tipo de evolução mais lento e difícil, onde os aprendizados são adquiridos através de experiências dolorosas, sem a consciência que foi ela mesma que criou essas experiências, considerando-se uma vítima de fatores externos, sem o poder de resolver a situação.
É comum nesse tipo de escolha a repetição de padrões de problemas por toda a vida. Os problemas de criação na infância refletem de maneira semelhante no âmbito da prosperidade e relacionamentos pessoais e profissionais. Tendência grande de repetir o padrão de relacionamento dos pais com seus parceiros amorosos.

  • Evolução Semi-Ativa:
Nesse caminho evolutivo, a pessoa tem vontade consciente de evoluir, mas geralmente o foco é mais no aspecto de evolução material. Pessoas que seguem esse padrão tem uma evolução significativa ao longo da vida, mas geralmente escolhem evoluir por conta própria, no método do erro e acerto, e por não ter costume de buscar ferramentas, atalhos e exemplos que acelerem a evolução, deixam de evitar sofrimento e erros desnecessários, limitando sua busca somente a seu ponto de vista. Algumas vezes as pessoas identificam os padrões de problemas que repetem durante a vida, mas geralmente não sabem como liberar esses padrões.

  • Evolução Ativa Unidirecional:
Grande parcela da humanidade segue esse caminho, faz parte da energia da velha era. Nessa opção, a pessoa tem vontade consciente de evoluir e procura ajuda externa para fazer isso, encontra uma religião ou corrente filosófica que tem afinidade, e permanece estagnada em um ponto de vista. Esse caminho pode trazer grande evolução por um certo tempo, mas também pode acabar se tornando uma prisão e limitação. Nesse padrão a pessoa algumas vezes aceita cegamente tudo que o seu líder/padre/guru diz sem filtrar com sua intuição e razão, o que muitas vezes pode gerar distorções de propósito e intolerância com pessoas de outras crenças.

  • Evolução Ativa Multidirecional:
O caminho mais fácil e rápido que está se tornando cada vez mais comum, principalmente nas novas gerações. Escolha geralmente feita por pessoas com mente aberta, que não tem preconceito e estão sempre dispostas a ampliar seus paradigmas, mesmo que isso destrua crenças pessoais de longo tempo. Esse caminho sempre foi o intuito de todos os mestres espirituais, pois a cada tempo a humanidade adquire novas verdades relativas que quebram paradigmas de milênios, a verdade absoluta está fora denosso alcance no nosso momento evolutivo.

Texto de Silvano Ozyrys
Postagens Relacionadas:
A Parábola dos Níveis Evolutivos
Os 5 Estágios do Despertar
Uma Mensagem de Esperança

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Waking Life

Waking Life é um filme que expõem a opinião de muitos professores, filósofos, cientistas, e pessoas "comuns" que se aprofundaram em assuntos diversos sobre a mente humana, o universo e questões existências.
 A historia gira em volta de um garoto que entra em um estado de "sonho" e que eventualmente progride pra uma lucidez. Ele inicialmente observa e mais tarde participa de discussões filosóficas, sobre diversos assuntos entre eles o existencialismo, e o fenômeno chamado "Lucid Dreaming", a questão de a realidade ser uma "ilusão", o livre arbítrio, a relação entre consciências, questionamentos sobre vida após a morte e acima de tudo o proposito da vida. O filme foca na natureza dos sonhos, consciência e a existência em si.

O titulo é uma referencia a uma frase do filósofo George Santayana: "Sanidade é uma loucura colocada em bom uso; a vida desperta (waking life) é um sonho controlado."


Trailer


Título original: Waking Life
Lançamento: 2001 (EUA)
Direção: Richard Linklater
Atores: Julie Delpy, Ethan Hawke, Guy Forsyth, Timothy "Speed" Levitch, Alex Jones
Duração: 97 min
Gênero: Animação
Audio: Ingles
Legenda: Portugês
Formato: DVD-Rip

=== Download ===
(Para fazer o download é preciso ter uma conta no 4shared.
Também é possível se conectar usando o Twitter ou Facebook)






terça-feira, 9 de dezembro de 2014

A Guerra aos Homens Através da Degradação da Mulher

Como um homem pode reconhecer o seu “Eu Completo” e seu pleno poder através dos olhos de uma mulher incompleta? A mulher que tem sido despojada do seu reconhecimento como “Deusa” e foi diminuída para uma bunda e peitos grandes para o conforto físico apenas. A mulher que foi silenciada para que pudesse esquecer a sua essência espiritual, por que suas palavras agitam muitos pensamentos fora do espaço do prazer. A mulher que foi diminuída para cobrir tudo o que apodrece dentro dela com roupas e sapatos vermelhos.

Estou certa de que os homens que reestruturaram as nossas sociedades de culturas onde a mulher era honrada, não tinham ideia do resultado. Eles não tinham ideia de que, eventualmente, até mesmo os homens tornariam-se vazios e com saudade da profundidade, significado e conexão.

Há uma profunda tristeza em mim quando eu assisto a um homem que não pode reconhecer o vazio que sente quando objetiva-se como um banco e realmente acredita que ele pode comprar o amor com as coisas e status social. É doloroso para ele testemunhar a “traição” quando uma mulher recusa a oferta.

Ele não reconhece que a criação de uma meia-mulher tem contribuído para a sua raiva reprimida e a frustração de sentir que ele não é suficiente. Ele, então, pode não conseguir amar nenhuma mulher ou pode manter varias meias-mulheres como o seu “prêmio”.

Ele não reconhece que é sua submersão na cultura guerreira desequilibrada, onde a violência é o meio de conseguir respeito e poder, como a razão pela qual ele pode quebrar o rosto da mulher, que lhe deu quatro quatro filhos.

Quando a mulher é perdida, assim é o homem. A verdade é que a mulher é a janela para o coração de um homem e coração de um homem é a porta de entrada para a sua alma.



Poder e controle NUNCA serão maiores que o amor.

Que todos nós possamos encontrar o nosso caminho.

~ Jada Pinkett-Smith, Revista Sinuous





Postagens relacionadas:
A Singularidade
A Dualidade
Despertando como UM
Uma Mensagem de Esperança

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Veneno Está na Mesa II

Após impactar o Brasil mostrando as perversas consequências do uso de agrotóxicos em O Veneno está na Mesa, o diretor Sílvio Tendler apresenta no segundo filme uma nova perspectiva. O Veneno Está Na Mesa 2 atualiza e avança na abordagem do modelo agrícola nacional atual e de suas consequências para a saúde pública. O filme apresenta experiências agroecológicas empreendidas em todo o Brasil, mostrando a existência de alternativas viáveis de produção de alimentos saudáveis, que respeitam a natureza, os trabalhadores rurais e os consumidores.

Com este documentário, vem a certeza de que o país precisar tomar um posicionamento diante do dilema que se apresenta: Em qual mundo queremos viver? O mundo envenenado do agronegócio ou da liberdade e da diversidade agroecológica?


Documentário Completo

Postagens relacionadas:
O Veneno Está na Mesa I
A História das Coisas: Um pouco sobre o sistema
A Obsolescência Programada em um Sistema Insustentavel
A Educação Proibida

domingo, 7 de dezembro de 2014

O Veneno Está na Mesa

O Brasil é o país do mundo que mais consome agrotóxicos: 5,2 litros/ano por habitante. Muitos desses herbicidas, fungicidas e pesticidas que consumimos estão proibidos em quase todo mundo pelo risco que representam à saúde pública.
O perigo é tanto para os trabalhadores, que manipulam os venenos, quanto para os cidadãos, que consumem os produtos agrícolas. Só quem lucra são as transnacionais que fabricam os agrotóxicos. A ideia do filme é mostrar à população como estamos nos alimentando mal e perigosamente, por conta de um modelo agrário perverso, baseado no agronegócio.

"O documentário de Silvio Tendler pode insinuar um filme de terror, mas O veneno está na mesa, película do experiente documentarista brasileiro, assusta mesmo pela revelação, em vídeo, de uma realidade cotidiana: 28% dos alimentos oferecidos à população brasileira são insatisfatórios para consumo.  Baseado em dossiê da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), divulgado em 2012, o filme mostra que desde 2008, quando ultrapassou os Estados Unidos, o Brasil é o país que mais utiliza agrotóxicos no mundo.
Elaborado por pesquisadores de diversas universidades federais brasileiras, o extenso relatório da Abrasco reúne dados oficiais e uma série de estudos que denunciam o descontrole do uso de agrotóxicos no Brasil e comprovam os graves e diversificados danos à saúde provocados pelo uso de biocidas. O dossiê foi divulgado em três momentos no ano passado, sendo que os últimos dados foram tornados públicos em novembro. O nível médio de contaminação dos alimentos colhidos nos 26 estados do país é grave: pimentão (91,8%), morango (63,4%), pepino (57,4%), alface (54,2%) e cenoura (49,6%), apenas para citar alguns exemplos."


Documentário Completo

  • Postagens Relacionadas:
A História das Coisas: Um pouco sobre o sistema
A Obsolescência Programada em um Sistema Insustentavel
A Educação Proibida

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

O Governo Oculto

O Grupo de Bilderberg
Assim como disse no post sobre os illuminati, esse post não vai abordar nada que não seja comprovado. Não é sobre rituais demoníacos, nem sobre reptilianos, nem sobre jesus. Esse é um assunto sério, que pelo fato de ser associado a religião cristã e suas perspectivas particulares, acabou por ser distorcido e extremamente mal interpretado.

Nossas vidas e a estrutura da sociedade estão sendo direcionadas a funcionarem de uma maneira controlada e regida por grupos de pessoas egoístas e maniacas por poder, cuja influencia abrange praticamente todos os setores do sistema, econômico, politico, judicial, educacional e meios de comunicação em massa. 
As coisas não estão como estão em nosso planeta por acaso, vivemos em um ambiente artificial criado propositalmente para nos afastar de nós mesmos, nos fecharmos em caixas de todos os tipos, criamos segregações psicológicas que nos fazem perder totalmente a noção de quem somos e como é a realidade de fato e achamos que isso é normal.

"Shadow Government"  é um documentário norte-americano que mostra como os EUA e os países Europeus (e nós no Brasil não estamos longe disso) estão se tornando pouco a pouco em um sistema totalitário e de maneira oculta. Apesar de focar muito na questão da vigilância é um filme que eu recomendo para ver como é não só possível, como provável, a existência de forças ocultas direcionando o rumo da sociedade.

Abaixo, como sempre, vou deixar links direcionando para mais postagens sobre o assunto.

Documentário Dublado



Postagens relacionadas:
A Produção de Dinheiro e o Sistema Bancário
Documentário: Power - O Poder Atrás da Energia
Wake Up Call - [O Chamado]
Os "Illuminati" - A Verdade é mais Complexa

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

O Grupo de Bilderberg

Livro Os Segredos do Clube Bilderberg
O Grupo ou Clube Bilderberg foi criado entre 29 e 31 de maio de 1954, na cidade de Oosterbeek, Holanda, no hotel Bilderberg, por isso do nome. Se reúnem em conferências anuais não-oficiais cuja participação é restrita a um número de 130 convidados(Registrados), muitos dos quais incluem chefes de estado, membros de governos e parlamentos, chefes de alianças militares, presidentes de empresas multinacionais, líderes de bancos e organizações financeiras internacionais, tubarões dos media (donos de meios de comunicação de massa) e das organizações "ambientalistas", até mesmo professores de universidades influentes. São os altos sacerdotes da globalização, personalidades influentes no mundo empresarial, acadêmico,  político, e midiático. Devido ao fato das discussões entre essas personalidades públicas oficiais e líderes empresariais não serem registradas, e nem divulgadas na imprensa convencional, estes encontros anuais são alvo de muitas críticas (por passar por cima do processo democrático de discussão de temas sociais aberta e publicamente). O grupo de elite se encontra todos anos, em segredo, em hotéis cinco estrelas reservados espalhados pelo mundo, geralmente na Europa(embora algumas vezes tenha ocorrido no Estados Unidos e Canadá).

Existe MUITA coisa por trás disso, para mim está bem claro que esse grupo tem intenções obscuras de controle global, caso contrario não estariam se reunindo em segredo em hotéis 5 estrelas com segurança máxima. MAS, para não ser tendencioso de mais, vocês verão no ultimo dos 3 videos que disponibilizei, no final dele mostra a visão de alguns dos membros desse tal "clube de bilderberg".
Como sempre, tirem suas conclusões.


Clube de Bilderberg e a crise econômica mundial


Grupo Bilderberg em discussão no Parlamento Europeu

Os Governantes Secretos do Mundo: 
O Grupo Bilderberg

Postagens relacionadas:

domingo, 30 de novembro de 2014

5 dicas para Transcender os Medos

*Texto complementar à postagem Medo Concreto, Amor Abstrato.

Antes de mais nada, algo importantíssimo de se destacar é que essas dicas não se aplicam apenas ao medo, mas para qualquer desafio mental que você está passando, busque captar a essência dos ensinamentos e verá que entender os padrões em que a mente opera irá lhe ajudar a entender a si mesmo, as pessoas e a vida em geral, de uma maneira muito mais produtiva.

  • 1. Aceitá-lo
Engana-se aquele que crê poder superar seus temores renegando-os. Também se engana quem pensa em confrontá-los achando que irão terminar com eles através do conflito. Em ambos os casos o que existe é apenas a permanência do medo. Ele é uma criação perpetuada no reino das emoções, logo sua dissipação naturalmente não se dá por si só. Da mesma forma, confrontá-lo é realimentá-lo, pois é disso que ele vive.

Existe algo que suporta toda a matéria e tudo o que dela provém. É um fluxo constante, como a correnteza de um rio. Quando esse fluxo é bloqueado, diz-se que se está distorcendo a natureza da própria existência. Bem-aventurados são os que o compreendem e seguem-no em harmonia e paz. Quando isso é aprendido, o homem torna-se senhor de sua vida, pois não está mais contra a natureza.

Logo, ele compreende que para vencer o medo é necessário aceitá-lo, pois sendo sua própria cria, renegá-lo ou confrontá-lo é ferir o próprio filho. O medo existe e continuará existindo a menos que você o eduque e o transforme em algo melhor. Deste modo, reconhecê-lo como existente é o primeiro passo para instruí-lo corretamente, recolocando-o de volta a favor do Dharma, do fluxo da Criação.

  • 2. Conhecê-lo Profundamente
Dizia-se que na antiga arte da guerra, a tarefa principal do estrategista era a de conhecer o inimigo para então poder derrotá-lo. Aqui não há guerra, não há luta, não há conflito. Todavia, mesmo numa atitude pacífica ainda se faz necessário conhecer aquele o qual se deseje instruir. "Vencer o medo" é apenas uma alegoria. De fato, o que se pretende é purificá-lo, transformando-o em outra coisa.

Conhecê-lo não é apenas no reino da superficialidade, mas em todas as nuances na qual ele age e por quais razões o faz. É preciso desmistificá-lo, destrinchá-lo a fim de entendê-lo de maneira profunda. Sendo parte de você, sendo sua cria, o mínimo que lhe é pedido pela naturalidade da situação é que conheça seu filho.

Saiba por que ele surge, por que ele está sempre à espreita, por que você ainda não foi capaz de superá-lo. Conheça-o como a você mesmo.

  • 3. Desvendar Sua Origem
Representação do Observador e a Ilusão
Tudo o que é da matéria, tudo o que é do limitado tem uma origem. A própria manifestação tem uma origem. Logo, para instruir o seu medo a fim de sublimá-lo é necessário ir fundo e desvendar sua origem. Em algum momento o medo foi criado. No instante de seu nascimento, sua inconsciência permitiu que esta cria se tornasse senhora de seu criador, você. Volte no tempo e tente encontrar o momento exato em que o medo surgiu.

Isso abrirá seus olhos para uma nova perspectiva, a do observador distante. Entenderá, deste modo, o quão necessário ou tolo foi ao aceitar a vinda desta criação para sua vida, uma vez que os motivos, agora a olhos distantes, são infantis, e quem sabe, sem sentido.

Compreender a origem do medo é saber o ponto exato em que o sentimento da verdade, do não-medo, deixou de existir. E trazer de volta, ou reavivar, tal verdade, tal sentimento torna-se muito mais simples quando sabemos exatamente do que se trata.

  • 4. Entender Suas Implicações
O medo traz diversas implicações que só podem ser compreendidas quando se tem total aceitação sobre ele e total conhecimento a respeito de sua personalidade e origem. Logo, após estar ciente do que o medo é e de onde ele surgiu, você será capaz de olhar de forma contumaz e atenta para todos os efeitos colaterais advindos dele.

Entender essas implicações traz de volta a razão, uma vez que agora, consciente do que está acontecendo, pode-se compreender que nada do que se origina do medo deveria estar presente em sua vida. A paranóia, a ansiedade, a irritação, a reclusão, o cansaço, a ignorância, tudo isso são implicações do medo. Identificá-las só é possível através dos três estágios citados acima.

Logo, fica bastante evidente que não existe nenhum benefício para que o medo continue instalado em sua vida. Essa constatação não é superficial ou mental, mas profunda. Aqui já se está pronto para sublimá-lo.

  • 5. Positivá-lo
Uma vez que esteja completamente consciente de que o medo não tem mais motivos para estar em sua vida agora, o próximo passo é de uma simplicidade absurda. Trata-se de olhá-lo profundamente nos olhos e amá-lo verdadeiramente. Isso só é possível após aceitá-lo e compreendê-lo em todas as suas variantes, pois se percebe o quão frágil ele é, assim como você era quando o criou. Por isso não alimente rancor em relação ao seu passado, não leve tão a sério, essa é a chave para conseguir deixar essa energia estagnada fluir.

Art by Mark Henson
Naturalmente, de maneira silenciosa, ele irá desvanecer por completo. Ao notar-se sem qualquer motivo para existir, tende a dissipar-se, pois só pode existir como medo. Ao transformar-se em coragem, já não mais é o que era. Diz-se que ele foi sublimá-lo. Ao não ter mais motivos para existir e mesmo assim recebendo amor de seu criador, o medo se transforma em sua contraparte. Esse então é o desapego amoroso.

Logo, de forma natural, silenciosa e pacífica, o medo desaparece e jamais tornará a nascer, uma vez que cada medo é um ser individual e único. Quem aprende a transformar seus temores, desejos, anseios, tristezas e raivas em suas contrapartes, torna-se seu próprio mestre. Isso é alquimia interior.

[Vídeo]
A Vida é a Escolha entre Amor e Medo

"Você não pode se livrar dos seus medos, mas pode aprender a conviver com eles."
Tirinha de Alex Noriega (Stuff No One Told Me)

Postagens relacionadas:
Os 3 Princípios da Dharma
Memento Mori - Lembre-se da Morte
Não Há Evolução Através do Medo
Os 5 Estágios do Despertar

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Medo Concreto, Amor Abstrato

Cada criação mental, quando mantida consistente por determinado período, ganha vida no reino das ideias ou no reino das emoções. Logo, seus temores, suas angústias, seus apegos e suas raivas tornam-se concretos no seu campo existencial. Todo o seu poder, toda a sua energia preenche essas criações dando-lhes “vidas próprias”.

Assim, o ato de sua criação já está consumado. O que agora existe, não deixará de existir por si só, não irá desvanecer a menos que você interceda. Negar o que está feito é uma atitude inútil, pois sua criação mental/emocional continuará existindo e ligada a você. Não é porque você não vê que algo deixa de existir. E cedo ou tarde ambos vão se reencontrar e você sairá novamente ferido.

Estamos todos escondendo algo
O que você pode fazer é encarar seus medos, apegos, angústias e tristezas de frente. Olhá-los de forma convicta e reconhecê-los como existentes. Em seguida, comece então a procurar entender o porquê de sua existência, o porquê de sua origem, o porquê de você ainda estar vinculado a eles.
A menos que você entenda o porquê de tê-los criado, jamais poderá abstraí-los, transcendê-los, sublimá-los.

Se você tem um medo e este medo o está impedindo de continuar com sua vida, com seu processo evolutivo, é necessário então encará-lo. Não, você não deve lutar. A luta apenas perpetua a existência de sua criação mental. Havendo luta, haverá sofrimento e seus temores se alimentam de sentimentos densos. O que você deve fazer é decompor o seu medo, purificando-o, sublimando-o, tornando-o novamente abstrato, não mais concreto.

Transforme então o seu medo em algo positivo. Use-o para superar a si mesmo, convertendo-o em coragem. Logo, ele deixará naturalmente de existir como uma criação concreta, pois seu poder se esvaiu ao se transmutar em algo mais sublime e excelso.

Se o seu medo é de ficar sozinho, enquanto você ainda estiver procurando por pessoas para lhe fazer companhia, ele continuará existindo concretamente em sua mente. O medo só deixará de ser medo quando se transformar em outra coisa.

De Sushi de Kriptonita
Assim, para purificá-lo, para desconcertá-lo diga: “Eu tenho medo de ficar sozinho, por isso eu amo ficar sozinho”. No instante em que você insere o amor no medo, este deixa automaticamente de existir. Mas veja que não é da boca para fora, é necessário ter a vontade e o sentimento verdadeiro para que essa alquimia de fato aconteça.

Eu tenho medo de altura, por isso estou louco para viajar de avião.
Não quero perder você porque eu não preciso de você.
Que bom que tenho medo da morte! Encontrarei um monte de amigos do outro lado!

Para desconstruir suas criações mentais é necessário que você abstraia qualquer linearidade, qualquer conceito objetivo a respeito delas, crie uma visão paradoxal. Isso é transformar o concreto em abstrato. É tirar todo o sentido intelectual/emocional de algo.

A Dualidade
Todas as negatividades são distorções de seu princípio original. Logo, a raiva é uma distorção da tranquilidade, o medo é uma distorção do amor, a tristeza é uma distorção da felicidade. Você então deve purificar essas distorções, levando-as de volta às suas origens.

Obviamente, esse não é um processo rápido e fácil, mas é essencial para que você se emancipe como divindade na matéria.

Conheça o seu medo e compreenda-o de maneira profundaNão busque vencê-lo, busque convertê-lo em sua contraparte. Transforme o medo em amor, o apego em desprendimento, a raiva em tranquilidade, a tristeza em alegria. Ame estar com medo, apegue-se desprendido, tenha raiva pacífica, alegre-se com sua tristeza.

*
Vá alterando aos poucos as vibrações, acrescentando positividade na negatividade e quebrando a linearidade e o sentido de cada uma de suas criações. Deixe-as perplexas e confusas.

Pouco a pouco você começará a transcender seus temores de maneira pacífica, silenciosa e amorosa. Pois não se pode transformar nada de uma hora para outra. Isso é naturalmente inviável.

É necessária uma gota de cada vez para criar um oceano. Assim é a evolução, assim é a alquimia interior.

* Na imagem: Krishna dançando sobre o naga Kaliya.


  • Continuação do texto:
5 Dicas para Transcender o Medo
  • Postagens relacionadas
- Não Há Evolução Através do Medo
- Os 5 Estágios do Despertar
- Memento Mori - Lembre-se da Morte
- O que é Meditação?

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Subliminar ou Simbolismo?

Direto ao ponto, subliminar é qualquer informação que o ser humano capta de forma inconsciente (sem perceberem intelectualmente), mensagens ou estímulos fracos demais para provocar uma resposta consciente. O inconsciente (sua mente abstrata, não "lógica, que é mais afetada pelo emocional) é capaz de perceber, interpretar e guardar uma quantidade infinitamente maior de dados que o consciente. Como exemplo, imagens que possuem um tempo de exposição pequeno demais para serem percebidas conscientemente, ou sons baixos demais para serem claramente identificados. Dados que passariam despercebidos pela mente consciente seriam na verdade interpretados e guardados por sua parte abstrata.

Exemplo de Subliminar *1
 A maioria das pessoas confunde subliminar com simbolismos. Existe uma enorme quantidade de material simbólico nas mídias, como filmes, desenhos, musicas, etc. O Simbolismo é muito usado pelos ocultistas, para expressarem suas idéias. Pode se dizer que é um mecanismo de comunicação, troca de ideais e um modo de identificarem a si mesmos(Não vou abordar em detalhes pois é um assunto profundo, questão para outro tópico).

Já a persuasão subliminar seria a capacidade que uma mensagem teria de influenciar o receptor(Você). Segundo a hipótese, toda mensagem subliminar tem um determinado grau de persuasão, e pode vir a influenciar tanto as vontades de uma forma imediata (fazendo por exemplo, uma pessoa sentir vontade de beber ou comer algo), como até mesmo a personalidade ou gostos pessoais de alguém a longo prazo (mudando o seu comportamento, transformando uma pessoa tímida em extrovertida por exemplo). Esse grau de persuasão deveria variar de acordo com o tempo de exposição à mensagem, e a personalidade do receptor.

Exemplo de SIMBOLISMO *2
Isso é de fato comprovado cientificamente, com inúmeros experimentos que apresentaram fortes evidências. No entanto, até hoje, a persuasão subliminar é pouco entendida, ou melhor, pouco entendida para as pessoas que são afetadas por ela, porque ela é constantemente ensinada em faculdades de Publicidade, Jornalismo, Psicologia, entre outras.

Se dizem que não é comprovado ou que não funciona, porque ensinam nas faculdades? A resposta obvia é porque é um meio de manipulação eficiente, e as pessoas que conhecem sua capacidade (leia-se grandes corporações, donos das mídias de comunicação em massa e sociedades secretas) não querem arriscar perder-lo, pois sem ela, seria muito difícil convencer as pessoas que gastar dinheiro em besteiras é normal, entre outras tantas crenças que nos empurram sem a gente perceber.

*1 Mensagens subliminares sexuais são muito usadas por empresas para promover seus produtos em propagandas ou nas próprias embalagens. O receptor associa suas emoções sexuais com o produto em questão. E convenhamos, na nossa sociedade sexualmente reprimida isso se torna fácil.
Quero deixar algo bem claro, isso é ciência e já está mais que comprovado a eficacia dessas mensagens inconscientes, tanto que em 2011 foi criado um projeto de lei (PL-1840/2011) para proibir o uso delas aqui no Brasil. Até agora, sem sucesso.

 *2 Em relação ao simbolismo do olho, e mais especificamente o olho preso no triangulo: O triangulo representa a mente, que é composta pelos três fatores: "O Observardor" e a interação entre as duas polaridades (A Dualidade). O olho representa a consciência observadora, é um simbolo milenar usado em várias culturas para representar "percepção".
O olho preso na piramide é uma representação da nossa consciência presa em nossas mentes, por isso vivemos limitados na visão dualística e não percebemos que somos UM com a existência, que na verdade, somos o "bem", o "mal" e o "Observador"

Esse simbolismo tem sido tão distorcido e associado com os "illuminati", que poucas pessoas compreendem seu significado hoje em dia, e provavelmente seja uma estratégia proposital para evitar que as pessoas reconheçam o verdadeiro sentido por trás dele, assim, evitando que elas criem consciência do fato mais perigoso para o sistema atual, o fato de que nós somos muito maiores do que pensamos e que não precisamos sentir medo.

Não acho produtivo generalizar tudo como um "simbolismo illuminati", pois símbolos são potencialmente neutros, o significa é criado pela consciência de cada um, a interpretação é inevitável.


EXEMPLOS DE MENSAGENS SUBLIMINARES
A imagens abaixo são de produtos que utilizam de sugestão inconsciente para fazer o consumidor associar o produto com a sexualidade, o que torna mais provável o aumento de desejo de comprar, seja o que for. Por isso, notem que as imagens são colocadas justamente nas capas dos desenhos e quadrinhos, nos logotipos das marcas, nos rótulos das embalagens, etc., locais que sua visão periférica percebe quando você está andando pela loja. Nas imagens colocadas abaixo a unica exceção é o desenho "Bernardo e Bianca", que coloquei justamente para citar que há o uso de mensagens subliminares com imagens em movimento, que são usadas comumente em comerciais da TV ou filmes "blockbusters" durante cenas com quantidades excessivas de imagens ou cenas onde as imagens mudam com rapidez, o que torna mais fácil de disfarçar o simbolo oculto.
Marca "Kappa"

Emissora Globo

Logo da MTV: Claramente se vê um pênis sendo representando no "V"


Desenho "A Pequena Sereia"

Desenho "Bernardo e Bianca"

Desenho "O Rei Leão"



Esse vídeo abaixo é meio fraquinho, afinal, é de um programa de TV, mas dá pra dar uma noção básica caso tenha ficado difícil de entender pra alguém.
Saiba como as Mensagens Subliminares agem no cérebro humano

Postagens Relacionadas:

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O Caminho Para Liberdade - por David Icke

Nesta série David Icke fala sobre as sociedades secretas ao longo da história humana, e como elas influenciaram e influenciam nossa sociedade até os tempos de hoje. Explica também como funciona o sistema dos chakra, de maneira bem simplificada, e o seu ponto de vista em relação a manipulação energética que acontece no nosso planeta.
São palestras grandes, mas é bem explicada e é muito útil para as pessoas que realmente querem entender porque da nossa sociedade e cultura serem como são. Temos um caminho muito longo de aprendizado pela frente e toda informação é importante, acreditando ou não, manter a mente aberta é um ato de sabedoria.

OBS: Caso os videos não abram, o nome em cima deles é um link que leva para o YouTube.

Parte 1/3 - Legendado

Parte 2/3 - Legendado

Parte 3/3 - Legendado


*** *** ***

COMPLETO (todas 3 partes)


Postagens relacionadas:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...